terça-feira, 22 de abril de 2008

Dia Mundial Da Terra

DIA MUNDIAL DA TERRA
O Dia da Terra foi criado a 22 de Abril de 1970, quando o Senador norte-americano Gaylord Nelson, realizou o primeiro protesto (reclamação, queixa) nacional contra a poluição. Anos depois, em 1990, vários países adoptaram a data como Dia Mundial da Terra.
Desde a sua criação, o dia 22 de Abril tem servido como dia de reflexão e de discussão. Todos nós sabemos que a Terra tem enfrentado enormes problemas que vão desde a escassez da água, destruição de florestas, degradação dos solos, entre outros males que destroem o nosso planeta e põem em risco a vida de todos os seres vivos.
Para mantermos o equilíbrio da Terra é preciso ganharmos consciência (termos conhecimento) destes problemas. Não devemos acabar com os recursos naturais, essenciais para a vida humana, uma vez que não há maneira de repô-los (tornar a pô-los). Temos o dever e a obrigação de cuidar, preservar e respeitar o nosso querido planeta e tudo o que de bom ele nos oferece.
Lembra-te que a Terra dar-te-á, de volta,
tudo aquilo que lhe deres.
Por isso AMA-A!
E agora uma curiosidade! Sabias que o nosso planeta também tem uma espécie de Declaração Universal de Direitos? É isso mesmo. Quando a ONU foi criada, em 1945, as grandes atenções direccionavam-se para a paz, os direitos humanos e o desenvolvimento equitativo (justo, em que há igualdade). Os temas relacionados com o ambiente ainda não constituíam uma preocupação comum, da mesma maneira que era dada pouca importância ao bem-estar ecológico. Só a partir de 1972 é que a segurança ecológica passou ser a quarta preocupação principal das Nações Unidas. Por volta do ano de 2002, a ONU aprovou a "Carta da Terra", baseada em princípios e valores fundamentais, que orientam os povos no que se refere a um desenvolvimento equilibrado e justo. A Carta da Terra é, por assim dizer, um código ético planetário. Queres conhecê-la?Então, vem por aqui.

1 comentário:

MARIA LEMOS disse...

Um post que considero muitissimo interessante!
Um beijinho e bom domingo
Maria Lemos